Documentário registra impactos socioambientais em três complexos siderúrgicos no Maranhão, Rio de Janeiro e Itália

Amanhã (29), às 18h, o Auditório do Centro Empresarial de Açailândia (ACIA-SICA-CDL, Rua Maranhão, 1170, Getat) sedia o lançamento internacional do documentário Pulmões de aço [Brasil-Itália, 2014, 31min.], que retrata os prejuízos socioambientais causados pela atividade minero-metalúrgica em três complexos siderúrgicos: as comunidades de Piquiá de Baixo/MA, Santa Cruz/RJ e Taranto/Itália.

Segundo a sinopse/convite, “impactos similares, resistência comum e um mesmo ator que alimenta a poluição dessas empresas: a mineradora Vale”.

O lançamento é uma iniciativa da Associação Comunitária dos Moradores do Piquiá, Rede Justiça nos Trilhos e Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmen Bascarán. Está confirmada a presença da Caravana Internacional do Seminário Carajás 30 anos – que acontece entre os próximos dias 5 e 9 de maio, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís –, com delegações do Canadá, Moçambique, Colômbia, Argentina, Peru e Brasil. (Zema Ribeiro, com informações da Ascom/ Justiça nos Trilhos)

No related posts.