Raimundo Fernandes, lavrador assassinado sábado passado em Nova Unha de Gato, povoado de Lago da Pedra/MA

A Cáritas Brasileira Regional Maranhão e a Articulação Estadual da Rede Mandioca vêm manifestar sua solidariedade à dor da família do lavrador Raimundo Fernandes Lopes, 56 anos, brutal e covardemente assassinado no último sábado, 29 de março, na Comunidade Nova Unha de Gato, município de Lago da Pedra.

Raimundo era morador do povoado desde 1957, membro ativo da Comunidade e integrava o grupo produtivo filiado à Rede Mandioca. Participou, desde o começo, da reconstrução do povoado e sua presença foi fundamental nos mutirões, lutas e processos coletivos que lá foram construídos, sem os quais aquela Comunidade não teria se refeito.

Trabalhador, de personalidade pacata, simples, foi sempre um homem de colaboração, conciliação, disponibilidade e postura equilibrada na busca pelo que era justo nas decisões comunitárias, nos tantos momentos em que os interesses individuais contradiziam os princípios coletivos. Por isso, para além do fato de ter sido assassinado, a forma brutal com que lhe tiraram a vida deixou a todos com sentimentos de indignação e revolta.

A família inteira, irmãos, filhos, e, sobretudo, a sua companheira Gracinha, se encontram transtornados, e tem recebido o apoio dos amigos e dos membros da Comunidade Nova Unha de Gato. Todos, incluindo os membros do Secretariado Regional da Cáritas, temos profunda gratidão pela presença e pela boa convivência com este homem, que colaborou com a reconstrução daquela Comunidade. Indignados, reivindicamos que as instituições responsáveis tomem as devidas providências e ajam na busca e punição dos quatro assassinos, que se encontram foragidos.

São Luís/MA, 31 de março de 2014

Cáritas Brasileira Regional Maranhão
Articulação da Rede Mandioca

No related posts.