Tabuleiros, projeto de irrigação em São Bernardo, voltará a ser problematizado

Reunião entre Cáritas e UEMA traz Tabuleiros de volta aos debates

 

A Cáritas Brasileira Regional Maranhão sediou na manhã de hoje (31) uma reunião entre sua equipe e os professores Domingos Cantanhede e José Antonio, do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Estadual do Maranhão. Pela Cáritas, participaram da reunião o secretário executivo Ricarte Almeida Santos, a assessora Lucineth Cordeiro Machado e o estagiário Igor de Sousa, estudante de Ciências Sociais da UEMA.

O encontro teve por objetivo discutir propostas de articulação para trabalhos de pesquisa e extensão a serem desenvolvidos na comunidade Tabuleiros, em São Bernardo. Lá, em 1987, durante o governo Sarney, foi instalado um megaprojeto de fruticultura irrigada, visando o “combate” à seca, proposto então pelo Ministério da Irrigação, através do Departamento Nacional de Obras contra as secas (DNOCS).

A parceria deve ser articulada formalmente, junto à pró-reitoria de extensão da universidade. A Cáritas já acompanha há bastante tempo a situação do referido projeto, produtores e moradores da região, já tendo organizado debates para discutir a situação e procurado pautar o problema nos meios de comunicação e junto à opinião pública. O projeto recentemente foi alvo da dissertação da jornalista Cristiane Moraes, apresentada ao mestrado em Ciências Sociais da UFMA: Tabuleiros na trincheira do desenvolvimento: os de dentro e os de fora.

Cáritas e UEMA devem em breve articular uma visita à comunidade.

No related posts.