Audiência pública e IV Marcha contra a corrupção encerram Campanha Popular Estadual pelo Direito Humano à Educação Pública, Gratuita e de Qualidade

 

O Ginásio Castelinho receberá na manhã desta sexta-feira (7), a partir das 8h30min, a Audiência Pública que encerrará a Campanha Popular Estadual pelo Direito Humano à Educação Pública, Gratuita e de Qualidade, realizada por diversas organizações do movimento social maranhense ao longo de 2012.

A campanha foi lançada em 16 de março, na comunidade Vila de Vinhais Velho, ocasião em que duas lutas se abraçaram: uma, a resistência dos moradores da comunidade mais antiga de São Luís frente à Via Expressa, prometido e inconcluso presente do Governo do Estado para a capital São Luís por seus controversos 400 anos; outra, a luta de diversas organizações pela garantia do direito humano à educação. “No Maranhão, infelizmente, a violação é a regra, conforme a campanha comprovou, ao visitar mais de 60 municípios de março até agora”, afirmou Jorge Moreno, juiz de direito aposentado e uma das lideranças da empreitada.

Durante a audiência serão apresentadas diversas denúncias de violações do direito humano à educação, por região (Baixo Parnaíba, Lençóis/Munim, Médio Mearim, Turi, Vale do Itapecuru e Vale do Pindaré). Será apresentado ainda um balanço da campanha, de seus 10 meses de realização.

Às 14h, saindo do Ginásio Castelinho, as ruas de São Luís receberão a IV Marcha do Povo contra a Corrupção, pela Cidadania e pela Vida. Mais de 5 mil militantes marcharão até a Praça Maria Aragão (Av. Beira-Mar), onde acontecerá o Comício da Cidadania, culminância do processo, a partir das 17h.

No related posts.